Ambiente Virtual de AprendizagemSistema de gestão

Não tem um AVA? Veja 3 dicas para auxiliar sua Instituição de Ensino a ofertar Aulas Online nesta pandemia.

aulas online

O sistema educacional brasileiro já passou por muitas mudanças ao longo dos anos, dentre essas a adequação para realização de aulas online, contudo esta é a primeira vez que isso ocorre em razão de uma pandemia, a COVID-19.

Nenhum gestor educacional levou em consideração esse tipo de dificuldade quando foi fazer seu planejamento anual, afinal, quando fazemos esse tipo de plano sempre tentamos ser o mais otimistas possível.

Entretanto é importante estar preparado para resolver e se adaptar às situações que vão surgindo e desde o ínicio do ano elas não param de chegar.

A principal delas no momento é a disponibilização das aulas, antes presenciais, online.

O cenário atual

Segundo Andrea Ramal, Doutora em educação pela PUC-Rio, em entrevista ao jornal O Globo:

“O ensino online ganhará mais adeptos. Muitos professores que ainda não usavam ambientes virtuais de aprendizagem tiveram que mergulhar e aprender novas práticas em poucos dias. Milhares de professores e estudantes estão gostando da experiência e pode ser que a educação à distância se amplie ainda mais, sobretudo no ensino superior…”

Desta forma, instituições que já possuem um modelo de ensino semipresencial ou EAD não sofreram tanto para implantar um sistema de aulas e avaliações online visto que já possuíam algum tipo de plataforma para tal.

No entanto aquelas instituições com ensino totalmente presencial foram mais impactadas, pois em muitos casos não tinham a experiência e suporte de ferramentas para esse tipo de aula.

Então, se você é este gestor que precisou aderir de forma emergencial ao ensino online já deve ter percebido alguns fatores críticos não é?! 

Contudo, não se deve levar a Educação à Distância como somente a adição de conteúdos – de aulas antes presenciais – em forma de vídeo disponibilizando-os online como EAD. 

Segundo Catarina de Almeida Santos, professora da UNB e pós-doutoranda pela UNICAMP, também em entrevista ao jornal O Globo:

“…a pandemia tem sido usada para deturpar a modalidade, difundir concepções simplistas do processo de ensino-aprendizagem, comercialização de soluções ilusórias para os problemas da educação no país, apropriação de dados de professores, estudantes e seus responsáveis, por parte de muitas plataformas que lucrarão durante e depois da pandemia. O que se vende é que a tecnologia resolverá tudo, deixando de ser meio e se tornando fim.”

A modalidade EAD

É importante ressaltar também que muitas instituições de ensino presenciais não fizeram ou pretendem mudar sua forma de ensino para aderir ao Credenciamento EAD, o que se tem feito, no entanto, é a adaptação desse modelo presencial para o EAD temporariamente, visto que o credenciamento é mais complexo do que isso.

Pensando nisso, se você deseja implantar essa modalidade de ensino na sua instituição saiba que é um processo mais amplo e organizado do que parece, o que se tem feito no momento é apenas uma adaptação provisória do ensino para que milhões de alunos não percam seu ano letivo em razão da pandemia.  

Outra questão importante a ser levada em consideração é que esse tipo de modalidade de ensino deve possuir recursos e infraestrutura específicos, um projeto EAD deve possuir um planejamento assertivo para que funcione corretamente e traga os resultados e economia que sua instituição almeja.

Contudo não é sobre isso que falaremos hoje, é um assunto para outro momento onde podemos discutir mais detalhadamente sobre os caminhos da educação à distância.

Para começar

Hoje, trouxemos algumas dicas que muitas instituições de ensino presenciais têm utilizado para adaptar, por enquanto, sua modalidade de ensino para online.

Aqui vamos dar dicas de como começar mesmo que sua instituição não tenha um sistema ou AVA interno.

Se você é este gestor que percebeu o novo cenário da educação – não somente nacional mas mundial – e já está trabalhando para adequar seus processos ainda mais; ao fazer uma contratação deste serviço você deve ter em mente que esta plataforma, sistema de gestão ou ambiente virtual de aprendizagem deve atender às suas reais necessidades. 

Por isso fique com a gente até o final que temos uma dica de como começar; para sua instituição ficar atualizada e não perder mais alunos em meio a pandemia.

Acompanhe agora nossas 3 dicas de ferramentas que muitas instituições estão utilizando e você pode usar para otimizar suas aulas online e manter seu calendário enquanto se organiza para investir num AVA.

1 – Organizar e criar salas de aula

A grande dificuldade atual é encontrar um ambiente comum disponível para a reunião em tempo real de todos os estudantes de determinada classe, por isso as salas de aula online compartilhadas têm sido amplamente utilizadas.

Assim, muitas aulas podem ocorrer em tempo real e possuir até mesmo o direcionamento e condução de uma aula semelhante a presencial.

Uma ferramenta bastante utilizada para isso é o Google Classroom com ele o professor cria salas de aula online, distribui tarefas e organizar as atividades dos alunos, além de dar e receber feedbacks para verificar a aprendizagem destes estudantes.

Criar salas de aula online é uma opção que muitas instituições no Brasil estão aderindo agora, mas na China, por exemplo, o ensino à distância foi uma das primeiras medidas para manter milhões de alunos em dia com seus estudos e para isso contou com o suporte e apoio de grandes empresas para conseguir manter um ambiente virtual de aprendizagem em meio a crise do COVID-19.

2 – Aulas ao vivo

Para ministrar aulas em tempo real e virtualmente é possível com as ferramentas de bate papo e videochamadas – antes muito utilizadas para reuniões corporativas – agora são excelentes ferramentas para realizar encontros ao vivo com os estudantes e proporcionar a discussão dos conteúdos de maneira muito semelhante as aulas presenciais.

Algumas dessas ferramentas são:

Google Hangouts – o aplicativo do Google utilizado para fazer videochamadas e bate papo online.

Microsoft Teams – o aplicativo da Microsoft feito para colaboração de equipes e organização de tarefas e projetos. Também é possível a criação de bate papo e salas virtuais ao vivo para reunir seus alunos e ministrar aulas. 

3 – Disponibilizar conteúdos

Se sua instituição não possui um ambiente virtual de aprendizagem existem opções para disponibilizar conteúdos online de forma gratuita.

O Edmodo é uma rede de aprendizagem online onde seus professores podem criar salas de aula e disponibilizar dentro delas os conteúdos referentes e materiais de ensino, desta forma criando um ambiente bem semelhante ao AVA que normalmente instituições de ensino semipresencial e EAD possuem.

É uma ferramenta gratuita que pode auxiliar sua instituição e seu corpo docente durante a pandemia, enquanto ainda busca soluções para ter seu próprio ambiente.

Dica: Como implantar um Ambiente Virtual de Aprendizagem.

O AVA é uma ferramenta de suporte a educação que permite a disposição de conteúdos e materiais de aula online que podem ser acessados de maneira remota pelos estudantes da sua instituição.

Muitas instituições brasileira já aderiram a esta ferramenta como forma de complementar o ensino da sala de aula ou mesmo para implementar o ensino EAD já que nesta modalidade o AVA é a principal forma de acesso aos conteúdos.

Para implantar um AVA sua instituição precisa ter um sistema de gestão educacional, primeiro para organização e configuração das disciplinas, grades e turmas, segundo para organização dos conteúdos e terceiro para garantir o acesso dos seus estudantes.

Obtenha um bom Sistema de Gestão

Esse sistema pode ser modular – onde se contrata módulos separados de trabalho – ou integrado – onde cada etapa e processo é automatizado e interligado evitando o trabalho manual que no primeiro ainda é necessário.

Se sua instituição ainda não possui um ambiente virtual de aprendizagem e você como gestor percebeu esta necessidade o primeiro passo a ser dado é o investimento num sistema de gestão educacional integrado desenvolvido para o setor da educação que possui um custo benefício melhor do que trabalhar com módulos.

Existem muitas opções no mercado mas ainda é possível encontrar aquelas que atendem instituições menores, se este for o seu caso, com um custo por investimento mais em conta.

Conheça uma opção integrada acessível que pode atender melhor sua instituição caso deseja implantar muito mais que um ambiente virtual de aprendizagem, fale com um dos nossos consultores e veja nossas opções personalizadas.

imagem ensinc consultor
O conteúdo foi interessante pra você? Compartilhe e deixe um comentário pra gente. Até a próxima!
Veja também nossos posts recentes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *